Confederação Brasileira de Kickboxing

Richard Medina

Nome: Richard Medina
Idade: 13 anos
Cidade: Rio de Janeiro/RJ

O objetivo da sessão do atleta do mês é homenagear atletas com conquistas importantes no mês que passou e conhecer um pouco mais da história de vida e do dia a dia desses guerreiros e guerreiras.

 

A sessão desse mês homenageia um guerreirinho ainda em formação, mas com currículo de gente grande. Trata-se do carioca Richard Medina, de apenas 13 anos. Nascido e criado no Rio de Janeiro, ele sempre teve o sangue de lutador correndo nas veias. Sua mãe, Jéssica, também é praticante das artes marciais desde muito nova e foi a maior influência para o jovem iniciar na luta. Esse processo veio com ele ainda muito novo, aos três anos de idade. Mas foi só aos oito anos que Richard conheceu o Kickboxing. A mãe Jéssica o levava para os treinos por não ter com quem deixar o filho, e ali, a criança agitada que não conseguia parar quieta foi dando seus primeiros passos, ou melhor, socos, e assim descobrindo sua verdadeira vocação. A partir daquele momento o sonho de ser jogador de futebol, que já era possível com a participação em diversos clubes na infância, mudou de rumo e o Kickboxing passou a ser sua grande paixão. Além da inspiração na matriarca, Richard também nutre forte admiração pelo ex-campeão do UFC José Aldo, a quem ele diz se identificar muito pelo estilo de luta. Inclusive, carrega o apelido de “Aldinho” na academia onde treina por conta da semelhança no jeito de atuar.

 

De volta a trajetória desse pequeno carioca, foi aos nove anos de idade que ele participou de sua primeira competição. E ali tudo mudou. Richard, de cara, foi campeão estadual de Light Contact depois de três lutas bem duras. Fato que acendeu em seu professor uma luz que tinha nas mãos um talento a ser lapidado. E assim, Richard segue sua caminhada com um histórico de três títulos estaduais, dois brasileiros e um sul-americano. Isso tudo com apenas 13 anos.

 

E aí é que mora outro desafio: como conciliar a carreira de atleta com a vida de um adolescente e suas obrigações? Nesse quesito, sua mãe Jéssica marca em cima e junto com o filho estabelece uma rotina regrada de horários, sempre com foco na responsabilidade e disciplina, o que tem sido bem compreendido pelo jovem lutador. Além disso, os dois têm um plano de carreira definido para Richard e correm atrás de apoio, via patrocínio, para colocar tudo em prática.

 

Dentro do ringue, ele se define como um lutador que não tem medo de nada, competitivo, rápido e agressivo. Por ter um porte alto e magro consegue ter agilidade com as pernas, além de gostar das sequências de chutes altos, um de seus pontos mais fortes. Richard também tem como característica pontuar muito no primeiro round, com o objetivo de dar menos chances aos adversários.

 

Fora do ringue, ele não vive uma rotina muito diferente de outros adolescentes da sua faixa de idade. Se considera um garoto muito tranquilo, que gosta de viajar, brincar na rua, jogar futebol e principalmente jogar videogame. Sua postura calma até surpreende colegas de escola quando descobrem seu lado lutador. Ele também se destaca pela sua altura, bem maior que a média de meninos da sua idade. E esse fato já até gerou uma situação inusitada em uma competição, em que sua mãe teve que provar sua idade através de documentos após desconfiança da organização devido ao tamanho de Richard.

 

No último mês, o jovem lutador mostrou mais uma vez o motivo de ser considerado uma das possíveis promessas no cenário nacional. Ele participou do Campeonato Estadual de Kickboxing do Rio de Janeiro e fez bonito. Foram três títulos nas modalidades Kick Light, Light Contact e Point Fight. O destaque ficou na conquista pelo Light Contact, em que enfrentou um adversário duríssimo e muito agressivo, porém com sua estratégia de pontuar bem no primeiro round acabou levando a melhor e o cinturão para casa. Com as conquistas, ele garantiu vaga nas três modalidades para o Campeonato Brasileiro, que será realizado em junho, no Espírito Santo.

 

Richard é mais uma prova que o foco e a disciplina podem vir desde berço e também que a caminhada é árdua, mas com força de vontade, sabedoria e fé os objetivos são conquistados. Mesmo com todas as dificuldades, tem conseguido trilhar sua trajetória de sucesso na vida através do esporte. Parabéns ao lutador e sua equipe.