Atleta do mês: Felipe Stievano Micheletti

Nome completo: Felipe Stievano Micheletti
Peso:94
Idade:29
Estado:Sorocaba/SP
Categoria:Pesado

O paulista Felipe Micheletti, lutador da Carsetti Fight Team, é o atleta do Mês da Confederação Brasileira de Kickboxing.

Nascido em Sorocaba, Felipe Micheletti teve seu primeiro contato com as artes marciais ainda na infância. Admirador do esporte desde dos primeiros passos ele ganhou aos 11 anos um presente que mudou sua vida. Seu pai fez um saco de pancadas com areia e retalhos de pano em que o pequeno Felipe aplicava alguns golpes com algo próximo as luvas de boxe, também improvisadas por eles, e já demonstrava seu interesse pelos socos e chutes. Mas foi aos 16 que resolveu procurar uma academia de lutas e ingressou no kickboxing.
Com apenas 6 meses de treino já subiu ao ringue para fazer sua estreia. A derrota veio em suas duas primeiras lutas, mas não foi motivo para fazê-lo parar, desistir não era uma opção, e Micheletti sentiu o gosto da vitória em sua terceira apresentação. A partir de então nunca mais parou, evoluiu constantemente tornando-se destaque no esporte e motivo de inspiração para muitos outros atletas.
Felipe, sempre se mostrou ser uma pessoa humilde e apegada às suas raízes. No amador conquistou diversos títulos. Foi sete vezes Campeão Brasileiro, Campeão Panamericano WAKO, Campeão da Copa do Mundo de Kickboxing WAKO. No profissional Felipe marcou seu nome ao fazer carreira no WGP. Ele fez 14 lutas no evento e depois do duelo memorável diante de Guto Inocente, em que foi derrotado, ele emendou uma sequência de quatro triunfos consecutivos conquistando o cinturão dos pesados do evento e defendendo-o duas vezes. Em 2018 Felipe conquistou o tão sonhado cinturão mundial pela WAKO PRO ao derrotar o russo Igor Darmesnki, na Rússia.
No mesmo ano ele assinou com o Glory Kickboxing, maior evento da modalidade no mundo, tendo sua estreia recheada de expectativas. E elas se confirmaram. Em sua primeira luta, em outubro do ano passado, ele bateu o então número 2 da categoria, o francês Zinedine Hameur-Lain, por nocaute e chegou com moral ao evento. Já no último mês de junho, Micheletti tinha mais um desafio internacional. Ele ia lutar contra o letão Artur Gorlov, mas seu adversário foi alterado a poucos dias do evento e ele encarou o holandês com origem em Cabo Verde, Luis Tavares, número 2 do ranking da categoria e provável próximo desafiante ao cinturão.
A mudança de adversário afetou Felipe, que passaria a enfrentar um jogo totalmente diferente. Luis Tavares tinha o estilo oposto ao de Artur. Mas nada que assustasse o brasileiro, que encarou o desafio com personalidade. Ciente que ele acertaria menos o adversário por conta da sua movimentação, Felipe focou em ser mais contundente e agressivo quando acertasse os golpes. E foi o que aconteceu. No final do duelo vitória por decisão dividida para o brasileiro, que garantiu o primeiro lugar do ranking e fica muito perto de ser o próximo desafiante ao cinturão da categoria.
Pela trajetória impecável e por se firmar como um dos melhores atletas brasileiros no cenário mundial Felipe Micheletti é o atleta do mês de maio da CBKB. Parabéns ao lutador e sua equipe pela carreira vitoriosa.